quinta-feira, 5 de março de 2009

Sobre o verde...

Eu sou verde. Não to falando aquecimento global nem hora do planeta (clique aqui). É a inveja. Porra eu tenho inveja. Todo mundo fala que não tem pra parecer mais nobre e mais interessante mas aahhhhhh covardes como eu tenho. Eu tenho inveja dos ricos filhos da puta, não fizeram nada pra nascerem ricos, não pediram, mas são. Que bosta. Não falo nem pelo consumismo porque quem me conhece sabe que eu sou razoavelmente controlada. Mas pelos contatos, europa, rucotan, sex on the beach (entendam como quiser), e convenhamos, não tem gente feia, tem pobre, olha pra Kelly Osbourne, ela consegue ficar coméstivel apresentável. E eu, mera classe média, tenho que torcer a minha pequena bolsa estágio, pra ficar "engraçadinha", "bonitinha". Taaaaaa taaaaa taaaaa eu sei que tem muita gente pior que eu e blablablablablablablabla. Mas como eu queriiiiiaaaaaaa ir ali na Nova Zelândia como se fosse em Piri. Pronto. Falei. Que comecem as pedras os comentários.


Mocinha com invejinha.

6 comentários:

Wagner disse...

quanto escândalo!

GLaucinha disse...

e eu que sou classe média baixa?!
Não fico verde,fico ROXA de inveja!

Paulinha disse...

Poxa, vc me enganou, achei que era sobre o verde verde mesmo, meio ambiente....

disse...

Acho digno tal desabafo! Sou verde de corpo e alma! Prontofalei! huahuahua

NaThan° disse...

Gente.. abuso.. foto das Girls Aloud aki.

Carlos disse...

Valorização do material em detrimento do moral? Poucos querem ser éticos, poucos querem ser inteligentes, poucos querem ser generosos e de bom coração, mas a grande maioria quer ser bonita, rica e ter aceitação social.
E a explicação de que isto está presente no instinto (animal) do homem pode até ser esclarecedora mas é amoral, bruta, fria e superficial.
O homem é um ser em constante evolução e pode superar tais condições. Uma sociedade formada por pessoas ricas e sem ética é fadada ao colapso.